Guarapari sedia torneio mundial de beach tennis

Rede Vitória
22/01/2022 9:00

O Guarapari Beach Tennis World Tour foi realizado entre os dias 13 e 16 de janeiro na Praia de Peracanga, na Enseada Azul.

Praia também é lugar de praticar esportes, dentre eles o beach tennis, prática que tem se popularizado cada vez mais no Espírito Santo. Por isso, o balneário mais famoso do Estado recebeu o Guarapari Beach Tennis World Tour, o primeiro torneio mundial de beach tennis em areias capixabas. 

Foto: divulgação oficial do evento.

O evento foi realizado entre os dias 13 e 16 de janeiro, na Praia de Peracanga, na Enseada Azul, e contou com tenistas do Brasil, da Argentina, da França, do México, do Paraguai e do Peru. A competição, que foi organizada por Álvaro Campanharo, da Point Royal, reuniu cerca de 500 atletas, distribuídos em 221 duplas. 

O tenista Evandro Lyrio Rosindo foi um dos organizadores do torneio e conquistou o título na categoria Mista Profissional. O atleta pratica a modalidade desde 2011 e acredita que o beach tennis vive seu auge no Brasil e no mundo. 

“Esse esporte é muito democrático, pode ser praticado por todos, desde crianças com 6 anos até idosos com mais de 70 anos de idade. É um sucesso nas praias de Vitória, Vila Velha e Linhares e só tem a crescer cada vez mais”, comentou o tenista. 

Segundo a gerente comercial da Rede Vitória, Isabela Fernandes, o Guarapari Beach Tennis World Tour também foi uma oportunidade para grandes empresas capixabas, como a Grand Construtora, o Shopping Vila Velha e a Selita, terem mais visibilidade perante o público. 

“Eventos como o mundial de beach tennis também incentivam a prática de atividades físicas ao ar livre, principalmente no verão, e as marcas querem se vincular a esses valores positivos de cuidado, saúde, esportes e lazer”, explica a gerente. 

Beach Tennis

O beach tennis foi criado em 1987, em Ravennana, na Itália. Segundo a Federação Internacional de Tênis (ITF), o esporte combina elementos do tênis tradicional, do vôlei de praia e do badminton e é praticado por mais de 500 mil pessoas ao redor do mundo.

“O beach tennis é um esporte que agrega e é muito inclusivo, já que não é necessária tanta técnica quanto no tênis. A quadra também é menor, o que diminui o esforço físico. O jogo também é mais rápido, já que é disputado em dois sets de quatro games ou seis games, diferente da modalidade tradicional, com três sets de seis games”, explicou José Roberto Rangel, tenista e assessor da Federação Espírito-santense de Tênis (FET).  

Confira todas as fotos em nossa galeria clicando aqui.